do It. sbozzo s. m., delineação inicial de uma pintura, escultura ou desenho; bosquejo; fig., resumo; sinopse.

21.11.06

Há-de o mundo pensar que o esqueci se um dia tiver tempo para me ouvir.
Há-de o tempo sentir-se incomodado com a minha indiferença ao seu passar.
Há-de a chuva pensar que me não molha ao não me incomodar com seu cair.
Há-de haver alguém a quem um dia diga: amo as palavras a noite fria e amo o mar!

(E talvez lho diga também…)

4 comentários:

tesha disse...

E o mar?... O mar é azul!

Sari disse...

leio sempre um pouco de mim nas tuas palavras.

*

Phonseka disse...

Hey!!!
Eu disse que um dia passaria por cá com mais calma, e cá estou.
Sabes que mais?!

Vou voltar, e... talvez escreva também...

Phonseka disse...

Já agora, apesar do meu blog estar parado por inércia, ou melhor falta de vontade do dono, mas mesmo assim achei que merecias um canto no meu canto... Mais uma vez granda'braço.

riscos