do It. sbozzo s. m., delineação inicial de uma pintura, escultura ou desenho; bosquejo; fig., resumo; sinopse.

14.5.07

Ocupo um lugar numa esplanada com vista para o rebuliço. A minha casa estendida ao sol. O café frio pouco doce como gosto e o negro da caneta misturados na dança azul cinzenta de mais um prazer mortal. E queimo outro. Os gestos que me inventam a paz. Ali mesmo à beirinha do mundo e tão longe… é o que lhe sou. Foi assim selado o acordo. E ao fim do dia na lânguida melancolia do ocaso deixo as pegadas na areia do asfalto… até outro dia.

1 comentário:

MrDi disse...

Por mais utópica q seja a paz .. os gestos que não se esgotem..

nice lifes there are..:D

regards::.

riscos