do It. sbozzo s. m., delineação inicial de uma pintura, escultura ou desenho; bosquejo; fig., resumo; sinopse.

9.2.07

Choram almas no escuro da noite. Sempre no escuro onde o choro é só delas. Choram. Almas estranhas em corpos sem rosto. Choram almas perdidas vidas paralelas caminhos descartados. Choram a efemeridade da vida a exígua existência a imperfeição do ser. Choram sentimentos ausentes cicatrizes perenes dores alheias. Choram em silêncio enroscadas na amarga solidão dos corpos. Choram o escuro para no fim sorrir ao dia…
e fica ainda tanto por chorar.

1 comentário:

Tesha disse...

"Há pintores que fazem do Sol uma mancha amarela. Mas há outros que, graças à sua arte e inteligência, transformam uma mancha amarela no Sol".
Pablo Picasso

Bem-haja pelos teus raios de Sol aqui esboçados...