do It. sbozzo s. m., delineação inicial de uma pintura, escultura ou desenho; bosquejo; fig., resumo; sinopse.

25.9.06

A crueldade do mundo rouba-nos a infantilidade do ser onde moram os sonhos perdidos. O ar é frio o coração amedronta-se e com o tempo crescemos.
A vida passa e não nos leva!!!




Sufocou-te uma saudade
Bafejou-te a solidão
Estar só uma verdade
Ser eterno uma visão

Aprendeste a dor de estar
Esperaste o amanhecer
Perdeste tudo num olhar
Deixaste tudo ao morrer.

1 comentário:

Sari disse...

a vida passa e por vezes não nos quer levar com ela... e sentimos-nos a viver cm fantasmas a ver tudo aquilo em que não podemos tocar. talvez amanha, sim, depois. e os dias colam-se uns nos outros e o que muda é a nossa cara que vai ficando séria mais vezes.. mas o espírito mantem a vitalidade apesar de o querermos adormecer.


=) continua!
*beijo