do It. sbozzo s. m., delineação inicial de uma pintura, escultura ou desenho; bosquejo; fig., resumo; sinopse.

21.7.06

As lágrimas assaltam-na em dor mas o alívio de poder chorar fá-la sorrir. E chorar em prantos talvez. Talvez não em prantos, só uma lágrima contida e venenosa que queima devagar num cumprir de destino numa lei da gravidade que a chama baixinho por entre sulcos de feições por sobre uns lábios saudosos e gulosos de sabor. E a faz correr a face por onde o ciúme dos meus dedos não passou...
E tu acabas por chorar e eu por nada dizer…

3 comentários:

Sari disse...

as lágrimas que saem de nós e nos aliviam através dos golpes que parecem rasgar a face... que lavam o que ficou ah superficie do que nao se conseguiu esconder...

enquanto houver lágrimas...


:) *

Martinha disse...

as lágrimas são uma espécie de sorrisos adiados... uma expulsão do que não conseguimos dizer.

dolorosas. sim. mas muitas vezes necessárias. para evitar que a alma nos rebente nas mãos.

um beijinho Symon * :)

Tesha disse...

"É no sabor de uma lágrima que viver faz sentido
É na corrosão e seu sal que o sentir nos faz viver
E amar é só sentir a vida"

Lembraste?
*´s