do It. sbozzo s. m., delineação inicial de uma pintura, escultura ou desenho; bosquejo; fig., resumo; sinopse.

11.12.06

As letras galopavam as folhas numa pressa selvagem numa liberdade natural. Surgiam no passar do aparo como vida na primavera do papel sedento da tinta que as faz brotar. Magia! pensava a cada letra desenhada. Milhares de letras palavras e até frases… Parou de repente por cima do borrão já esperado. Tentou ler. Releu-se e afogado numa gargalhada à séria ironizou o absurdo do que lera e uma culpa ecológica abanou-lhe o cérebro…

1 comentário:

tesha disse...

1101110001...

As palavras ausentes, que não enchem estas linhas porque o papel deixou de se sentir, tornarão quando o cheiro do ser se sobrepuser ao do código binário...

...1011101...

Então, esboçar-se-ão sorrisos e não se dirão palavras, porque essas... essas já se disseram!

...00000001.

riscos